segunda-feira, 31 de março de 2008

O dilema de Roberta

Para quem gosta de levantar a faixa de protesto no primeiro impulso ou meter o dedo acusador na cara da humanidade sem pensar duas vezes, recomendo a leitura do texto abaixo, um pequeno e eficientíssimo extrato de contemporaneidade casual. Veio do "Trabalho de Parto", o blogue esperto de Roberta, cujo link se encontra ali na lista abaixo/ao lado. Mas vejam que primor de situação - e de concisão - num texto que resume nossas dúvidas de hoje em dia:

Dilemas morais do subemprego

O carinha na rua distribui folhetos porque está desempregado. Recebe por papelzinho entregue, tem um cara olhando ele fazer o seu trabalho todo o tempo, então não dá para jogar tudo no bueiro.Eu ando pela rua e passo pelo rapaz. Ele me estira a mão com uma oferta que eu não quero aproveitar. Eu penso: "pego o papel, para o rapaz poder receber os seus trocados, ou passo direto e preservo a natureza, nesses tempos de aquecimento global?".

Um comentário:

roberta ar disse...

É sempre uma lisonja uma citação minha no seu blog. A mostra de novelle vague acabou na semana passada, fui no último dia, uma pena, porque o filme é realmente muito bom.
beijos na prole e na cônjuge