domingo, 17 de fevereiro de 2008

Titina e os micróbios do casarão




Uma vez, numa tarde seridoense, foi todo mundo ver o fim do dia nas margens do Gargalheiras. Eram tempos pré-cianobactérias, de ocasos descontaminados. Eu e Titina resolvemos tirar onda e improvisar um ensaio-cabeça em homenagem à estrita situação do momento. O resultado está nas fotos acima, que vocês podem apreciar enquanto micróbios aquáticos mais atirados não acabam de consumir os registros que sobraram daquelas outras águas. Sim, porque do casarão, coitado, mal sobraram as ruínas.

Um comentário:

titina_briba disse...

Eita que essa tarde foi linda!!!
Estávamos todas as torrinhas por lá.
Vamos voltar? Agora com a família maior e mais animada.
Viva as crianças!!!!
Saudade dessas crianças de titia Titina.